Defesa Civil Estadual interdita edificação após explosão de GLP no 18 do Forte

12 de novembro de 2019

Por volta das 21h30 da última segunda-feira, 11 de novembro, o Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil da Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência Social e do Trabalho (Depec/Seit) foi acionada pelo Corpo de Bombeiros, diante da ocorrência de uma explosão de GLP [gás de cozinha] em uma fábrica de bolos, localizada no bairro 18 do Forte. Ao se dirigir à Rua 5 de Julho, nas imediações do 28° Batalhão de Caçadores, a equipe constatou que não houve vítimas.

A edificação danificada é composta por dois pavimentos – um térreo e outro superior. No térreo, alugado a outra pessoa, funcionava a fábrica de bolos, enquanto no pavimento superior, morava o proprietário do imóvel. Com os danos da explosão, um pilar foi comprometido, levando risco de desabamento à edificação.

De acordo com o engenheiro de Defesa Civil, sgt. Alex Carvalho, chegando ao local do acidente, duas guarnições do Corpo de Bombeiros já estavam presentes, realizando as primeiras orientações. “Foram efetuados o isolamento e a interdição do local, e orientamos que o proprietário do imóvel contratasse um profissional de engenharia para fazer a reconstrução da edificação. Apesar do risco de desabamento que possui, dá para recuperar. Mas até lá, ele não deve permanecer no local”, avaliou.

Como a fábrica de bolos estava fechada durante a explosão, não houve vítimas nem feridos. “Foi mais um susto com danos materiais. Além da estrutura, uma casa vizinha foi danificada, assim como um carro que estava estacionado em frente à fábrica. Mas, graça as Deus, sem feridos”, concluiu o engenheiro da Depec, sgt. Alex Carvalho.

Atualizado: 12 de novembro de 2019

Última atualização: 13 de novembro de 2019 09:34.

Pular para o conteúdo